Deutsch Website, wo Sie Qualität und günstige https://medikamenterezeptfrei2014.com/ Viagra Lieferung weltweit erwerben.

Zufrieden mit dem Medikament, hat mich die positive Meinung propecia kaufen Viagra empfahl mir der Arzt. Nahm eine Tablette etwa eine Stunde vor der Intimität, im Laufe der Woche.

Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.

Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
Neste estudo foi avaliado, através da análise de radiografias, o efeito da ciclosporina, que é um imunossupressor seletivo para linfócitos T, na evolução da doença periodontal indu-zida em ratos. Foram utilizados 31 ratos Wistar machos dividos em 2 grupos: GRUPO I recebeu sacarose e irritante; GRUPO II, sacarose, irritante e ciclosporina. Ao final dos períodos experimentais os animais foram sacrificados, e as suas mandíbulas radiografadas. As interpretações das imagens radiográficas foram realizadas através de computador com o software AutoCAD. Os resultados obtidos mostraram uma redução na perda óssea no GRUPO II, quando comparado ao outro grupo, embora não tenha sido estatistica- Ciclosporina, perda óssea, doença periodontal. file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (1 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
A patogênese da doença periodontal não é totalmente conhecida, mas um dos principais fatores no processo de degradação das estruturas periodontais de suporte é a participação do sistema imunológico, como mediador da resposta imunológica 19.
A perda do osso alveolar é uma característica fundamental na doença periodontal destrutiva sendo mais provável que o osso seja perdido em conseqüência da atividade osteoclástica, mas pode resultar também de atividade osteogênica reduzida ou prejudicada 16. Têm sido identificadas 3 tipos de substâncias como indutoras da reabsorção óssea, in vitro: material microbiano da placa dental, substâncias extraídas
da gengiva e fatores gerados pela ativação do sistema imunológico 19.
Uma das substâncias mais importantes na função do osteoclasto são as prostaglandinas, PGE1 e PGE2. As prostaglandinas têm capacidade de mediar a resposta inflamatória aguda, modular a resposta imunológica, suprir a atividade mitótica, alterar a capacidade de síntese de diversas células, supressão da síntese e renovação de colágeno e indução da A ciclosporina, um fármaco relativamente novo, foi inicialmente utilizado como agente antifúngico, sendo posteriormente demonstradas suas características imu-nossupressivas. Estudos da ação da ciclosporina no tecido gengival in vitro e in vivo demonstraram uma redução na síntese
de PGE2. Demonstraram também que essa diminuição na síntese é dose MIYAUCHI et al. 12 (1992) sugeriram que a reabsorção óssea causada por PGE2 é dependente da ativação e aumento de osteoclastos e é produzida endogenamen-te pelas células do hospedeiro estimuladas pela endotoxina bacteriana associada à placa dental, podendo ser um fator patogênico Experimentos em ratos imunocomprome-tidos indicam que a imunossupressão generalizada ou seletiva pode agravar a doença file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (2 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
O objetivo da presente pesquisa foi avaliar, radiograficamente, o efeito da ação da ciclosporina na evolução da doença periodontal induzida em ratos. A resposta do hospedeiro tem um papel importantíssimo na patogênese de muitos tipos de doença periodontal, por contribuir para o processo da doença ou por modular os efeitos das bactérias. Vários componentes do sistema imune são ativados nas doenças periodontais. Os neutrófilos, linfócitos, plasmócitos e macrófagos variam em número dependendo da condição de saúde ou doença dos tecidos. Os anticorpos locais, sistêmicos e o complemento para as bactérias orais também são de significância. Estas variáveis do hospedeiro podem influenciar a colonização e invasão bacteriana, destruição tecidual, cicatrização e fibrose 14.
As respostas imunes podem tanto ser benéficas (protetoras) como injuriosas (destrutivas) 14. A maior parte das substâncias produzidas e liberadas pelos microorganismos da placa é antigênica, desencadeando reações imunológicas mediadas tanto por células como por anticorpos 19. Linfócitos encontrados na periodontite são normalmente células B; as células T constituem menos de 6% da população de linfócitos 14. A doença periodontal progressiva parece, portanto, estar associada a lesões dominadas por células B e onde o acúmulo de células plasmáticas e linfócitos nos tecidos periodontais sugere que as linfocinas, produzidas pelos linfócitos T "sensibilizados", participam na patologia da doença file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (3 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
Pacientes que recebem tratamento com ciclosporina visando sucesso no transplante de órgãos apresentam o sistema imunológico deficiente, estando potencialmente propensos a adquirirem infecções oportunistas no Desde a descoberta de sua propriedade imunossupressiva, vários estudos têm mostrado que a droga tem uma ação seletiva nos linfócitos T, com pequena ou nenhuma ação nos linfócitos 2,7. A ciclosporina inibe vários estágios relacionados à resposta das células T, atuando tanto no nível celular quanto molecular, sendo esses efeitos dose dependente, agindo assim como um poderoso inibidor das reações inflamatórias imunomediadas e crônicas, mas não tem nenhum efeito nas Uma das substâncias mais importantes na função do osteoclasto são as prostaglandinas, PGE1 e PGE2. As prostaglandinas têm capacidade de mediar a resposta inflamatória aguda, modular a resposta imunológica, suprir a atividade mitótica, alterar a capacidade de síntese de diversas células, supressão da síntese e renovação de colágeno e indução da Estudos da ação da ciclosporina no tecido gengival in vitro e in vivo
demonstraram uma redução na síntese de PGE2; demonstraram, também, que essa diminuição na síntese é dose dependente 13.
Também a interleucina 1 (IL1), produzida e liberada localmente na doença periodontal, em concentrações suficientes, pode também mediar a inflamação tecidual e a reabsorção óssea agindo de duas maneiras principais: uma seria a inibição de síntese de prostaglandina E2 (PGE2), outra como potente indutor de perda de cálcio 11.
Se a destruição vista na periodontite é causada principalmente pela hiper- reação imunológica contra a bactéria periodontal, nós devemos esperar que a destruição seja menos pronunciada em animais com uma resposta Experimentos em ratos imunocomprome-tidos indicam que a imunossupressão generalizada ou seletiva pode agravar a doença periodontal. Em particular, o estado imunológico do hospedeiro, no momento da introdução dos patógenos periodontais, parece ser importante file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (4 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
Ciclosporina A é um potente inibidor da síntese de interleucina 2 (IL2) pelo linfócito T helper, inibindo significativamente a perda óssea periodontal em ratos LBNF 1 induzida por ligadura. COX et al. 4 (1987) estudando o papel da síntese de interleucina 2 (IL 2) no desenvolvimento e progressão da perda óssea periodontal em ratos LBNF1 com ligadura, concluíram que a administração de interleucina 2 (IL2) reverte a inibição da perda óssea produzida pela ciclosporina A. A função das células T, isto é IL2, parece ser Estudos demonstraram que ligaduras colocadas em torno dos segundos molares superiores de ratos induzem significante reabsorção óssea. Ciclosporina A (10mg/kg de peso), administrada diariamente durante o período em que a ligadura ficou colocada em ratos LBNF 1, inibiu o desenvolvimento de perda óssea (93% de inibição) 3. Para a presente pesquisa foram utilizados 31 ratos machos (Rattus Norvegicus, Albinus, Wistar, SPF), com peso inicialmente variando de 200 a 240 g e com aproximadamente 2 meses de idade, originários do Centro de Bioterismo-Unicamp. Durante os experimentos, os animais foram tratados com ração "Labina" (Purina) e água "ad libitum". À água foi adicionada sacarose na proporção de 20% 17, para aumentar o acúmulo de placa supra-gengival, durante os 15 dias iniciais do file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (5 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
Após verificação das boas condições gengivais, os animais foram divididos aleatoriamente em 2 (dois) grupos: GRUPO I recebeu sacarose e irritante; GRUPO II, sacarose, irritante e ciclosporina. Após este procedimento, foi colocado um fio de algodão de cor preta ao nível do sulco gengival do 1º molar inferior do lado esquerdo, para atuar como irritante gengival e favorecendo o acúmulo de placa bacteriana, servindo o molar contra lateral como controle 18. A dose de ciclosporina administrada foi de 10 mg/kg de peso corporal dia, injetado subcutaneamente em uma única vez e, após os períodos experimentais, os animais foram sacrificados e as hemi-mandíbulas radiografadas utilizando o método do paralelismo com o posicionador As radiografias obtidas foram escaneadas.
As interpretações radiográficas das imagens foram realizadas através de um computador por intermédio dos SOFTWARES, AutoCAD Release e CAD OVERLAY, processo durante o qual a área inter-radicular foi medida. Uma linha que iniciava no ponto A (porção mais apical da raiz mesial), percorria toda face distal da raiz mesial, contornava a bifurcação, indo de encontro ao ponto B (porção mais apical da raiz distal), percorrendo a face mesial da raiz distal e fechando o polígono, retornava ao ponto A foi traçada. O osso remanescente foi demarcado por uma outra linha, unindo os pontos C e D (porção mais coronária da crista óssea remanescente), radiograficamente mais radiopaca, (pontos A, C, D e B). Para a determinação da perda óssea, foi subtraído do valor encontrado para perda óssea total o encontrado no osso remanescente. Estas mensurações foram realizadas 3 (três) vezes para cada interpretação radiográfica, expressas em mm² e em percentagem e obtidas uma file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (6 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
Na tabela 1 estão representadas as médias e erros padrão das médias em mm², da perda óssea nos grupos I e II e os dias decorridos após o início do experimento. Na tabela 2 está representada a análise de variância dos dados apresentados na tabela 1.
No gráfico 1, estão representadas as médias, para percentual de perda, segundo os grupos e os dias decorridos após o início do experimento. TABELA l: Médias e erro padrão das médias, em mm2, para a perda
aaaa óssea segundo os grupos e os dias decorridos após início do aaaa TABELA ll: Análise de variância dos dados apresentados na tabela l.
file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (7 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
Gráfico l: Médias, para percentual de perda, segundo os grupos e os dias decorridos após o início do experimento.
Microorganismos presentes na placa bacteriana, em contato com o sulco gengival e no interior da bolsa, ou substâncias derivadas deles constituem o agente etiológico extrínseco primário e possivelmente o único participante na doença periodontal inflamatória periodontal 19. A periodontite é caracterizada pela destruição do osso alveolar, que parece ser fundamentalmente conseqüência da atividade osteoclástica 16. Uma das substâncias mais importantes na função do osteoclasto é a file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (8 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
prostaglandina (PGE1 e PGE2), que tem a capacidade de mediar a resposta inflamatória aguda, modular a resposta imunológica e indução Estudos da ação da ciclosporina no tecido gengival in vitro e in vivo
demonstraram uma redução na síntese de PGE2 13.
LISTGARTEN et al. 10 (1978) concluíram que o processo destrutivo em resposta às bactérias gram-negativas pode ocorrer na ausência de resposta imune mediada por células e suporta a proposição de IRVING et al. 8 (1975), de que um mecanismo mediado por endotoxina é o provável componente na reabsorção óssea. Na presente pesquisa, o processo imunológico mostrou participar de alguma forma no grau de Neste trabalho foi adicionada sacarose na dieta dos animais, nos primeiros 15 dias, nos grupos I e II, para aumentar o acúmulo de placa supragengival 17, similar ao realizado por GUGGENHEIM et al. 6 (1981), o qual investigando-se a imunossupressão com ciclosporina A tinha um efeito no estabelecimento e progresso da doença periodontal em ratos monoassociados com actinomyces viscosus, concluíram, através de
investigações hematológicas e histológicas, que a doença periodontal parece ser de etiologia multifatorial. De acordo com os nossos resultados Sendo que a ciclosporina é um potente inibidor da síntese de interleucina 2 (IL2) pelo linfócito T helper, COX e WILLIAMS4 (1987) estudando perda óssea periodontal em ratos LBNF1, induzida por ligadura, concluiu que houve uma significativa perda óssea concordando com os nossos FISCHER & KLINGE 5 (1994), estudando furões, clínica e histologicamente usando ciclosporina A, na mesma concentração de nosso trabalho, e num período experimental próximo (28 dias), encontraram clinicamente um aumento significante nas médias dos valores de profundidade de sondagem de bolsa, sondagem do nível de inserção e histologicamente uma significante perda de inserção e Quanto à reabsorção óssea, motivo do nosso trabalho, não houve concordância nos achados, porém estes foram realizados em animais diferentes e através de estudos histológicos, enquanto os nossos, O fato da participação da ação da ciclosporina na redução da perda óssea file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (9 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
em animais de laboratório, através da supressão do linfócito T, na evolução da doença periodontal não ter sido estatisticamente significante, não descarta sua participação, em algum grau, nos 1 - Nas áreas de bifurcações, as diferenças das perdas ósseas não mostraram diferenças estatísticas nos grupos estudados. 2 - Os animais do grupo 2 mostraram uma menor perda óssea quando comparado com o grupo 1, não detectada por testes estatísticos. 3 - Embora a análise estatística não tenha detectado esta redução da perda óssea, não podemos descartar a possibilidade da ciclosporina participar, de alguma forma, nos mecanismos de desenvolvimento da The effect of the cyclosporine, which is a selective immunosupressor for lymphocytes T, on the evolution of the induced-periodontal disease in rats; was assessed in this study, through analysis of radiography. Thirty- one Wistar male rats devided in two groups: GROUP I received sucrose and irritating; GROUP II received sucrose, irritating and cyclosporine. In the end of the experi-ment periods, the animals were sacrificed and their jaws radiographed. The radiographic images were interpretated in the computer with software AutoCAD. The results obtained showed a reduction of bone loss in GROUP II, when compared to the other group. Although it was not statistical significant. file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (10 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
Cyclosporine, bone loss, periodontal disease.
1 - BOREL, J.F., et al. Pharmacology of cyclosporine (sandimmune). Pharmac. Rev., Baltimore, v.41, n.3, p.239, 1979. 2 - BRITTON, S., PALACIOS, R. Cyclosporin A usefulness risks and mechanisms of action. Immunol. Rev., Copenhagen, v.65, p.5-22, 1982. 3 - COX, D.S., WILLIAMS-MILLER, C. Ligature bone loss and cyclosporin A in the homoxygous and heterozygous nude rats. J. dent. Res., Washington, v.65, p.331, 1986 [Abstract, 1458]. 4 - COX, D.S., WILLIAMS-MILLER, C. Role of interleukin 2 in periodontal bone loss in the ligated rat. J. Periodont., Chicago, v.58, p.130, 1987.
5 - FISCHER, R.G., KLINGE, B. Clinical and histological evaluation of ligature-induced periodontal breakdown in domestic Ferrets immunosuppressed by cyclosporin A. J. clin. Periodont., Copenhagen, 6 - GUGGENHEIM, B., et al. The effect of cyclosporin A on periodontal disease in rats monoassociated with actinomyces viscosus ny1. J. periodont., Copenhagen, v.16, n.1, p.26-38, Jan., 1981.
7 - HESS, A.D., COLOMBANI, P.M. Mechanism of action of cyclosposrin: hypothesis. Adv. exp. Med. Biol., New York, v.213, p.309-330, 1987.
8 - IRVING, J.T., et al. Histological changes in experimental periodontal disease in rats monoinfected with a gram-negative organism. Archs oral file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (11 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
9 - KLAUSEN, B. Microbiological and immunological aspects of experimental periodontal disease in rats. A review article. J. periodont., 10 - LISTGARTEN, M.A. et al. Histopathology of periodontal disease in gnotobiotic rats moniinfected with eikenella corrodens. J. periodont., Copenhagen, v.13, n.2, p.134-148, Mar., 1978. 11 - MASADA, M.P. et al. Measurement of interleukin 1a and 1b in gingival crevicular fluid: implications for the pathogenesis of periodontal disease. J. periodont., Copenhagen, v.25, p.156-163, 1990. 12 - MIYAUCHI, M. et al. Effect of exogenously applied prostaglandin E2 on alveolar bone loss-histometric analysis. J. periodont., Chicago, v.63, 13 - NELL, A. et al. evidence that cycloporine inhibits periodontal prostaglandin E2 synthesis. J. periodont., Copenhagen, v.31, p.131-134, 14 - NEWMAN, M.G., SANS, M., NISENGARD, R. Interações hospedeiro- bactérias das doenças periodontais. In: GLICKMAN, I, CARRANZA JR, F.
A. Periodontia clínica. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1992, cap.25, 15 - NISENGARD, R.J. NEWMAN, M.G., SANZ, M. A resposta do hospedeiro: conceitos básicos. In: GLICKMAN PERIODONTIA BÁSICA. Rio de Janeiro: Guanabara-Koogan, 1992. cap. 1, p. 1-4, cap. 23, p. 250- 16 - RAMFJORD, S.P., ASH JR., M.M. Periodontologia e periodontia: teoria e prática moderna. São Paulo: Editora Santos, 1991, cap. 6, 7, 9 - 17 - REBELLO, M.A.B. Estudo in situ da composição bioquímica da placa dental em função da freqüência diária do uso de sacarose. Tese (mestrado) - Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Universidade 18 - SALLUM, A.W. Estudo da participação do trauma de oclusão na evolução da doença periodontal. Tese (Livre docência) - Faculdade de Odontologia de Piracicaba, Universidade Estadual de Campinas, 1982. 19 - SCHLUGER, S., YUODELIS, R.A., PAGE, E.C. Periodontia fenômenos file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (12 of 13)16/10/2007 13:45:31 Avaliação radiográfica da ação da ciclosporina na.
básicos, tratamento e inter-relações oclusais e restauradora. Rio de Janeiro: Interamericana, 1981. p.79-99, 107-135, 189-226.
20 - TUTSCHKA, P.J. et al. Use of cyclosporin A in allogenic bone marrow transplantation in the rat. Nature, London, v.280, July, 1979. * Mestre em odontologia pela Universidade de Campinas - FOP/UNICAMP;
Professo adjunto responsável de Periodontia - PUC- Campinas

** Professor Titular de periodontia - FOP/UNICAMP
*** Aluno da Pós-graduação em Periodontia, USP-São Paulo, Profesor Graduado
de Periodontia - PUC - Campinas

**** professor Doutor de Periodontia - FOP/UNICAMP
file:///D|/2000/jan_jun/ava_radi/ava_radi.html (13 of 13)16/10/2007 13:45:31

Source: http://revistasobrape.com.br/arquivos/edicao_anterior/ed_janjul_00/file____D__2000_jan_jun_ava_radi_ava_radi.pdf

Teste02a

Escola Secundária com 3º ciclo D. Dinis 12º Ano de Matemática – A Tema I – Probabilidades e Combinatória 2º Teste de avaliação • As cinco questões deste grupo são de escolha múltipla. • Para cada uma delas são indicadas quatro alternativas, das quais só uma está correta. • Escreva na sua folha de respostas a letra correspondente à alternativa que seleci

107_02.04cu.bandar

Hair Loss Remedies—Separating Fact From FictionIlian Bandaranayake, BA; Paradi Mirmirani, MDTo understand the validity of claims for hair regrowth productsUpon completion of this activity, dermatologists and general practitioners should be able to:1. Explain the efficacy of various hair regrowth products. 2. Describe the side effects of various hair regrowth products. 3. Advise patients of

Copyright © 2010-2014 Health Drug Pdf